tonydsilva@ibest.com.br / decioantoniosilva@bol.com.br

.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Assaltante dos Correios no ônibus


Os policiais de toda a região procuraram, por toda a tarde de anteontem, por quatro homens que haviam assaltado a agência dos Correios em Pérola. Porém, quase que casualmente os policiais militares de Umuarama encontraram os ladrões no final da noite. Eles estavam em um ônibus que seguia para São Paulo (SP). Os quatro foram presos em flagrante e os quase R$ 10 mil que havia sido roubados foram recuperados pelos PMs. Os militares contaram que procuravam drogas, como fazem diariamente, em um ônibus interestadual quando se depararam com o quarteto em atitude suspeita. Ao conversar com os suspeitos os PMs perceberam que eles estavam aflitos. Então os policiais revistaram suas bolsas e acabaram encontrando um envelope dos Correios, além de dois revólveres calibre 38.Diante das evidências, representadas pelos R$ 9,1 mil em cédulas e pelos R$ 259,50 em moedas, os ‘passageiros’ confessaram o crime. Jailson da Silva Quinto Correia, 24 anos; Alan Maruyama, 18 anos; Roberto Carlos Pereira do Nascimento, 34 anos e Ricardo dos Santos, 34 anos disseram ser moradores em São Paulo (SP) e foram para Pérola para praticar crimes. Eles não especificaram se tiveram ajuda. Porém, os policiais acreditam que uma quinta pessoa, possivelmente alguém de Pérola ou ao menos da região, teria auxiliado o quarteto na ação.As suspeitas se devem ao fato de testemunhas terem visto um Fiat/Uno dando fuga aos assaltantes que invadiram e roubaram a agência sem se preocupar em esconder os rostos. Como os Correios é uma instituição federal os detidos foram levados para Guaíra onde o auto de flagrante foi efetivado por policiais federais, corporação responsável pelas investigações de crimes contra o patrimônio da União. Para o comandante da 5ª Independente, capitão Ênio Soares dos Santos, a prisão dos assaltantes foi possível graças a habilidade e a dedicação dos soldados. “A comunicação funcionou e os policiais que abordavam ônibus até altas horas estavam atentos com as ocorrências do dia. Foi um belo trabalho”, reconheceu.

Fontes: Agências

Um comentário:

dudu disse...

ele alan e meu tio meu ele naum e mau viu